Dica de Livro: A Culpa é Das Estrelas!

a+culpa+é+das+estrelas

Sabe aqueles romances clássicos de “…e viveram felizes para sempre…”, então “A Culpa É Das Estrelas” , de John Green, é tudo MENOS um romancesinho meloso.

Realmente me surpreendi ao ler esse livro, PRINCIPALMENTE o final (que eu não vou contar ha-ha). Ele termina tipo: “OQUE? ACABOU? MAS ASSIM? NÃAÃÃO! QUERO MAIS QUERO MAIS QUERO MAIS!”, quase tive um ataque ao virar a página e me deparar com a capa do livro. Livro mais que recomendado!

“Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.”

Só uma coisa, depois de ler o livro, a expressão O.K nunca mais terá o mesmo significado pra você.

E aí, curioso para ler??
Esse livro é ótimo para aqueles viciados >>eu<< que se desligam do planeta Terra e só voltam a ele ao final da última página.

Por hoje só.
Bjaum,
Andie.

Anúncios

Menina dos olhos verdes.

green eyes

Eles verdes são,
e tem por usança
na cor, esperança
e nas obras, não.
Vossa condição
não é d’olhos verdes,
porque não me vedes.

Isenções a molhos
que eles dizem terdes,
não são d’olhos verdes,
nem de verdes olhos.
Sirvo de giolhos,
e vós não me credes
porque não me vedes.

Haviam de ser,
porque possa vê-los,
que uns olhos tão belos
não se hão de esconder;
mas fazeis-me crer
que já não são mais verdes,
porque não me vedes.

Verdes não o são
no que alcanço deles;
verdes são aqueles
que esperança dão.
Se na condição
está serem verdes,
Por que não me vedes?

Luís Vaz de Camões